(99)99201-6907

NO AR

AÇAÍ VIP

www.acaivip.com.br

Brasil

Relatos: Momentos de uma infância difícil

Publicada em 06/12/18 as 16:56h por AÇAÍ VIP - 30 visualizações


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: AÇAÍ VIP)

Talvez eu não devesse estar aqui, ou não seria a hora de eu partir. Eu acho que nunca houve um traço de felicidade para mim, aos meus 6 anos quando eu era apenas uma menina que buscava a diferença, e que passava por uma serie de bullying e era escrachada diante de uma plateia de gente, apenas uma menina que sofreu a separação dos pais e logo em seguida um avanço de vida ou idade fora do normal.

Aos 7 anos deixei la em cima do guarda roupa minhas bonecas e barbies, deixei de trocar as roupas das minhas polly para cuidar da minha irma de 4 anos e do meu irmão de 9, sempre seguia a mesma rotina “acordar, ajeitar a casa,fazer almoço,arrumar-me e meus irmãos para a escola,voltar da escola e ai sim faxinar a casa toda e fazer janta para minha mãe” e foi dai que vi que deveria ser respeitada.

Aos 8 eu já tinha uma personalidade de uma menina de 12 anos, já estava com olhos para baixo, cabelos desarrumados e vendo a dificuldade que estava chegando em minha casa, o salario da minha mãe já não estava mas sustentando o aluguel,não pagando a luz e a comida já era pouca e foi ai que eu ia para a escola sem comer e via que minha mãe chegava do trabalho com fome e dava a metade do meu prato para ela e ali era mais uma noite em que minha barriga fazia muito barulho e o choro da minha mãe também.

Quando fiz 10 anos meu irmão foi embora de casa, minha mãe arrumou um namorado que “ajudou” ela mas as coisas não melhoraram tanto assim, foi então que uma noite minha mãe chegou toda machucada e chorando e perguntei oque havia acontecido, e como eu esperava : ele me bateu ! E foi dai que peguei um ódio muito grande dele, nem falava com ele e foi num dia que eu o desrespeitei e sai para o meu quarto batendo os pés que minha mãe me seguiu ate la e me deu uma surra que fiquei com a marca do chinelo eu meu rosto,e minha boca sangrava … Exatamente, ela me bateu porque desrespeitei alguém que bateu nela.

Exatamente, ela me bateu porque desrespeitei alguém que bateu nela.

Os meus 13 anos prosseguiram, minha mãe já tinha se livrado dele (ele continuou batendo nela), eu continuava com a mesma rotina mas dessa vez eu tinha que pegar um ônibus para ir para escola em que eu perdia 1:30 hr de ida e a mesma de volta, porem eu ainda não tinha reconhecimento da minha mãe e foi ai que criei coragem de abrir a boca contra as ofensas que ela vinha para mim, e as brigas foram se tornando horriveis, havia facas em meu pescoço e até tesouradas   eu levei nas costas, porém na escola eu estava bem “mudei” me arrumei e fiquei bonita com um cabelo deslumbrante que todas as meninas queriam ter, fazia uma maquiagem linda e tinha todos os pias na mão (oque gerou algumas cobranças de meninas que não gostavam de mim) .

Bom hoje tenho meus 14 anos, sai de casa no começo do ano e atualmente moro com a minha amiga minha sogra e meu marido, exatamente ! No começo do ano o irmão da minha amiga começou a se aproximar-se de mim e começamos a namorar, acabei engravidando e perdi o meu filho com 3 meses, que me deu mais dois meses de depressão, e semana passada fui ao medico e ele me fez fazer outro exame de gravidez, e aqui estou sem chão e sem saber oque fazer, passando horas imaginando o quanto bom seria eu ter o meu Gabriel ou a minha Alice aqui comigo, ou horas chorando vendo minha vida indo embora em 9 meses e assim imaginando o quanto julgada eu seria ou tentando não criar esperanças para mim não me desabar de novo.

Aqui eu escrevi um trechinho da minha vida ( tiveram mais coisas entre isso tudo ) cheia de lagrimas no rosto e olhando minhas coxas e meus pulsos/braços cheios de cicatrizes e lembrando o motivo infeliz de cada uma delas!




Enquete
Oque achou do novo portal?

 Top
 Ótimo
 Muito Bom
 Bom







LIGUE E PARTICIPE

0(99)99201-6907

Visitas: 19030
Usuários Online: 8
Copyright (c) 2018 - AÇAÍ VIP - 「Conceito - Um Novo Jeito de Fazer Marketing」